ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Caminhos da inclusão – a história da formação profissional de pessoas com deficiência no SENAI


Livro_Caminhos_da_Inclusao_1_a_243-image1“Caminhos da Inclusão” documenta a trajetória do SENAI-SP na promoção da inclusão daqueles que lutavam para exercer seu direito ao trabalho digno. O ponto de partida é a criação do Serviço de Adaptação Profissional de Cegos, em 1954, tendo à frente o Prof. Geraldo Sandoval de Andrade, um cego. Enfrentando a descrença e a discriminação, foi sendo construído o caminho, com a indispensável participação de indústrias, que fizeram o que até então era impensável: empregar pessoas com deficiência visual (inicialmente) nas linhas de produção, ombro a ombro com os demais.

Esse processo é parte da industrialização, que nascia com a chegada dos imigrantes e da mão-de-obra rural, todos atraídos pelos apitos das fábricas da Paulicéia desvairada. A representação social da Deficiência, fortemente marcada pelo assistencialismo das poucas entidades especializadas e pela vergonha das famílias que tinham a “desventura” de ter um filho com deficiência também está retratada.

A documentação referente às metodologias e estratégias desenvolvidas pelo Serviço e sua disseminação para outros Departamentos Regionais do SENAI pela primeira vez está disponível, convidando a outros estudos e reflexões.

A semente plantada criou raízes, e a partir de 1994 a rede de Escolas SENAI do Estado de São Paulo começou a se preparar para receber alunos com todos os tipos de deficiência. Em 2011, as matrículas de alunos com deficiência totalizaram 5.675, em todas as modalidades de curso e em todas as Escolas.

Trazer esses fatos à luz mostra que, até mesmo em momentos mais impermeáveis às chamadas “minorias” foi possível o exercício do direito ao trabalho no mercado formal, com segurança e apresentando resultados. O presente, caracterizado pelos princípios dos Direitos Humanos, pela disponibilidade de recursos tecnológicos e respaldado por um marco legislativo avançado, autoriza a mirar mais alto e a avançar mais.

“Caminhos da Inclusão” tem recursos de acessibilidade: identificação em braile na capa e no CD ROM, que tem texto e descrição das imagens em formato DAISY.

O livro integra a Coleção Engenharia da Formação Profissional, que visa divulgar o modelo desenvolvido pelo SENAI-SP, embasado no “aprender fazendo”, em sintonia com as demandas da indústria de hoje e do futuro.

Serviço

Série: Engenharia da Formação Profissional
ISBN: 978-85-65418-17-1
Ano de Publicação: 2012
Número de Páginas: 248
Preço (sem desconto): R$ 71,00
Capa: Dura
Formato: 17 x 24 cm


EDUCAÇÃO INCLUSIVA: TEORIA E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS

UM E-BOOK COMPLETO!

São mais de 50 textos curtos organizados por temáticas, redigidos em uma linguagem fácil e didática, com dicas práticas que você poderá ler o conteúdo do começo ao fim, ou usá-lo como um permanente material de consulta conforme as suas necessidades

SAIBA MAIS CLICANDO AQUI

Emílio Figueira

Por causa de uma asfixia durante o parto, Emílio Figueira adquiriu paralisia cerebral em 1969, ficando com sequelas na fala e movimentos. Mas nunca se deixou abater por sua deficiência motora e vive intensamente inúmeras possibilidades. Nas artes, no jornalismo, uma vasta produção científica, é psicólogo, psicanalista e teólogo. Como escritor é dono de uma variada obra em livros impressos e digitais. Ator e autor de teatro. Hoje com cinco graduações e dois doutorados, Figueira é professor e conferencista de pós-graduação, principalmente de temas que envolvem a Educação Inclusiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*