ÚLTIMAS NOTÍCIAS

TEOLOGIA DA INCLUSÃO – A trajetória das pessoas com deficiência na história do Cristianismo!


reologia_da_inclusao

A versão digital completa do livro agora está com download gratuito. Para baixa-la CLIQUE AQUI

Tendo como base uma revisão histórica, a obra TEOLOGIA DA INCLUSÃO, de Emílio Figueira, trata-se de um estudo sobre as pessoas com deficiência ao longo do cristianismo. Inicia-se pelo Antigo Testamento, pré-cristianismo, onde grandes personagens bíblicos usados por Deus, de alguma forma estavam ligados com algum tipo de deficiência. Ao mesmo tempo a deficiência era fortemente ligado com conceitos de pecados ou castigos. Conceitos que caem por terra no Novo Testamento, pois a vinda de Jesus ao mundo e sua opção pelos excluídos, faz com que as pessoas com deficiência “ganhem” almas como cristãos. Por meio delas, Jesus realiza muitas obras, fazendo acreditar com segurança que as pessoas com deficiência sempre foram canais de bênçãos entre Deus e a humanidade.

Hoje para se ter uma Teologia da Inclusão, que atinja tantos os católicos  como os protestantes (evangélicos), o primeiro passo será rever nossos próprios conceitos com relação às pessoas com deficiência, abandonando conceitos de coitadinhos, vítimas, a visão de deficiência como consequência de castigos ou pecados. Abandonar a posição que nós cristãos sempre tivemos de assistencialistas para com essas pessoas, focá-las como totalmente capazes de ocupar ministérios e atividades nas comunidades religiosas – tanto católicas como protestantes -, trazendo-as para serem parte do Corpo de Cristo em total igualdade. Sobretudo, temos que cada vez mais identificar e eliminar do nosso meio os estigmas religiosos!!!

SUMÁRIO

AGRADECIMENTO

PREFÁCIO

INTRODUÇÃO  

I – O VELHO TESTAMENTO: AS QUESTÕES DAS DEFICIÊNCIAS NO PRÉ-CRISTIANISMO

Noé: o primeiro registro bíblico de uma pessoa com deficiência

A cegueira de Isaac por 80 anos

A deficiência temporária de Jacó decorrência de uma luta espiritual

Lia, desprezos, mas recompensada por Deus

Moisés: problemas de fala e autoestima

Pessoas excluídas dos sacrifícios ou sacerdócio

As causas das deficiências oriundas de castigos entre os hebreus

O Monte Sinai e a questão da hanseníase na Bíblia

O Código de Hamurabi e a severidade que inspirou os hebreus

Rei Zedequias, mais um caso de cegueira como punição

A medicina dos Hebreus

Olhos direitos furados dos habitantes de Jabes

Zacarias castigado por não ter acreditado em Gabriel

Mefibosete: O primeiro caso de inclusão vem da Bíblia

II – MILAGRES E UMA NOVA VISÃO DA PESSOA COM DEFICÊNCIA NO NOVO TESTAMENTO

Os esmolantes da antiga Judeia

A busca da cura

A hanseníase no Novo Testamento

A baixa estrutura de Zaqueu

Paulo: Uma visão transformadora

III – CASTIGO E PECADO: PRINCIPAIS CONCEITOS BÍBLICOS SOBRE PESSOAS COM DEFICIÊNCIAS E MUDANÇAS DE MENTALIDADES

Deficiência é fruto do pecado?

Jesus e o início da inclusão

O inconsciente coletivo e a desconstrução dos estigmas religiosos

IV – O “CAMINHAR” DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA DENTRO DO CATOLICISMO

A historiografia de Otto Marques da Silva

As deficiências físicas como impedimento ao sacerdócio cristão

Sacerdotes que quebraram a regra

São Nicolau, as pessoas com deficiências intelectuais e a Inquisição

Os leprosários da Idade Média e o novo destino de pessoas com deficiências intelectuais

Richard Baxter, um pastor entre o ministério e suas enfermidades

O assistencialismo dos Jesuítas em terras brasileiras

Católicos e Protestantes se unem contra uma “Inquisição Nazista” no século XX

A Igreja Católica e suas possibilidades de inclusão

V – CAMINHOS PARA A INCLUSÃO RELIGIOSA HOJE

O Protestantismo precisa despertar para a questão

Uma sociedade inclusiva

Igualdade de oportunidades, inclusive na religião

Barreiras arquitetônicas eram motivos de exclusão

“Uma teologia da deficiência”

Reflexões sobre a convivência plena na religiosidade

CONCLUSÕES

BIBLIOGRAFIA


EDUCAÇÃO INCLUSIVA: TEORIA E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS

UM E-BOOK COMPLETO!

São mais de 50 textos curtos organizados por temáticas, redigidos em uma linguagem fácil e didática, com dicas práticas que você poderá ler o conteúdo do começo ao fim, ou usá-lo como um permanente material de consulta conforme as suas necessidades

SAIBA MAIS CLICANDO AQUI

Emílio Figueira

Por causa de uma asfixia durante o parto, Emílio Figueira adquiriu paralisia cerebral em 1969, ficando com sequelas na fala e movimentos. Mas nunca se deixou abater por sua deficiência motora e vive intensamente inúmeras possibilidades. Nas artes, no jornalismo, uma vasta produção científica, é psicólogo, psicanalista e teólogo. Como escritor é dono de uma variada obra em livros impressos e digitais. Ator e autor de teatro. Hoje com cinco graduações e dois doutorados, Figueira é professor e conferencista de pós-graduação, principalmente de temas que envolvem a Educação Inclusiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*