ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Unicef: um terço de crianças fora da escola tem algum tipo de deficiência


unicef2

Crianças com deficiência estão entre os grupos mais marginalizados da sociedade. A afirmação é parte de um relatório do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, apresentado na Assembleia Geral da ONU, em outubro de 2013.

Segundo o Unicef, a maioria das crianças que tem deficiência não tem acesso à educação e cuidados de saúde, fica sem chances de brincar e adquirir cultura e sofre discriminação como se fossem um “fardo invisível”.

O Fundo da ONU afirmou ainda que ao ter uma deficiência, a criança acaba sendo excluída da sociedade por causa de várias barreiras. Entre elas, a falta de professores treinados, prejuízo, estigmas e incompreensão por parte dos pais, professores e da sociedade.

Menores nesta situação também estão mais propensos à violência, abusos e negligências por parte de adultos e outras crianças.

Apesar de não ter estudos mais precisos sobre os casos de discriminação, o Unicef afirma que muitas crianças não têm acesso a serviços básicos de saúde, como por exemplo vacinas.

Ainda segundo o relatório do Unicef, crianças com deficiência sofrem com preconceito em todos os aspectos. O impacto pode ser desumano para elas fazendo com que direitos básicos sejam negados incluindo o direito à vida.

Fonte: Rádio ONU


UM E-BOOK GRATUITOS PARA BAIXAR

UM E-BOOK GRATUITO PARA BAIXAR!

COLETÂNEA DE ENTREVISTAS E ARTIGOS SOBRE EDUCAÇÃO INCLUSIVA NO BRASIL

Minhas principais entrevistas e artigos científicos sobre Educação Inclusiva, pessoas com deficiência e superação publicadas nos últimos quatro anos. Esse material você poderá utilizar livremente como conteúdo bibliográfico em seu trabalho. E ao final de cada uma eu coloco o modo certo de referenciá-las.

CADASTRE E BAIXE O SEU GRATUITAMENTE CLICANDO AQUI

Emílio Figueira

Por causa de uma asfixia durante o parto, Emílio Figueira adquiriu paralisia cerebral em 1969, ficando com sequelas na fala e movimentos. Mas nunca se deixou abater por sua deficiência motora e vive intensamente inúmeras possibilidades. Nas artes, no jornalismo, uma vasta produção científica, é psicólogo, psicanalista e teólogo. Como escritor é dono de uma variada obra em livros impressos e digitais. Ator e autor de teatro. Hoje com cinco graduações e dois doutorados, Figueira é professor e conferencista de pós-graduação, principalmente de temas que envolvem a Educação Inclusiva.

Um comentário

  1. Eliseth da Silva Ferreira

    preciso muito desses livros trabalhei na APAE por um tempo e gostei muito e resolvi a fazer a minha dissertação sobre a educação especial da APAE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*